Blog

INPI concede mais uma indicação geográfica para o estado do Paraná

10 abril 2017 por André Franca 0 comentários 534 visualizações

A IP do mel de abelha do Oeste do Paraná

O INPI publicou hoje, dia 4 de julho, na Revista de Propriedade Industrial (RPI) nº 2426, mais um registro de indicação geográfica (IG), na espécie indicação de procedência (IP), para produtores do estado do Paraná. Dessa vez, a concessão foi para o produto mel de abelha dos tipos “Apis Melífera Escutelata (Apis Africanizada)” e “Tetragonisca Angustula (Jataí)” com o nome geográfico “Oeste do Paraná”.

Praticada desde a década de 50, a atividade apícola paranaense começou a se organizar na década de 90 com o surgimento de várias associações de apicultores que mais tarde criaram a Cooperativa Agrofamiliar Solidária dos Apicultores da Costa Oeste do Paraná (Coofamel).

A flora apícola dos municípios da região oeste do estado do Paraná é bastante característica, resultado dos reflorestamentos em áreas de preservação permanente às margens do lago de Itaipu. O Clima e a topografia são dois fatores importantes que fazem parte do território da região Oeste do Paraná propiciando a produção do mel em escala comercial.

Fonte: www.inpi.gov.br/noticias/inpi-concede-mais-uma-indicacao-geografica

Seja o primeiro a comentar!

Deixe um comentário

código de verificação

Digite o código acima no campo abaixo